Home Você sabe o que é cashback?

Você sabe o que é cashback?

Entenda como funciona o cashback e descubra como aderir e utilizar esse tipo de programa de fidelização de clientes.

27 de junho de 2022 - Atualizado 27/06/2022

Atualmente, o cashback tem sido uma estratégia muito utilizada pelas empresas para fidelizar seus clientes. 

Isso porque, a oportunidade de ter de volta uma parte do dinheiro gasto em uma compra atrai os clientes que, por sua vez,  tendem a retornar ao estabelecimento no intuito de utilizar novamente esse benefício.  

Veja quais são as principais vantagens do serviço e compreenda qual a diferença entre cashback e desconto.

O que é cashback?

O termo cashback vem do inglês e traduzido ao portugues significa “dinheiro de volta”. 

Trata-se de um esquema de reembolso no qual o consumidor realiza uma compra e recebe parte do investimento que fez nessa compra de volta.

Portanto, nada mais é que uma modalidade de pagamento que devolve uma porcentagem do dinheiro pago pelo consumidor em produtos e serviços.

Quando surgiu o cashback?

Esse termo surgiu em 1998, por meio da empresa Ebates, que começou a trabalhar o sistema de reembolso.

Atualmente, o sistema de cashback é muito popular no Reino Unido e nos Estados Unidos, locais nos quais esse tipo de programa é aplicado principalmente em empresas de cartão de crédito.

No Brasil, começou a ser implementado em 2007 e, a partir de então, vem conquistando espaço no mercado, principalmente, em compras online.

Como funciona o cashback?

O cashback funciona como uma espécie de incentivo à compra de determinado produto ou serviço, sendo utilizado pelos fornecedores como uma estratégia de fidelização do cliente. 

Nesse contexto, quando o consumidor adquire um produto ou serviço com uma forma de pagamento vinculada a uma plataforma que oferece o sistema de cashback, uma parte do valor retorna para o cliente. 

É importante destacar que as plataformas possuem parcerias com diferentes estabelecimentos, que incluem setores de vestuário, beleza, supermercados e até farmácias e grandes varejistas.

Por conseguinte, os valores retornados por essas empresas ao consumidor são, na maior parte das vezes, calculados sobre uma porcentagem. No entanto, as porcentagens de cashback e os valores de resgate variam de acordo com as plataformas utilizadas.

Como aderir e utilizar o cashback?

A adesão a um programa de cashback varia de acordo com a plataforma. 

No entanto, a regra básica para utilizar esse serviço é ser cadastrado em uma plataforma que ofereça o sistema cashback.

Passo a passo para usar o cashback

Para começar a utilizar esse benefícios em suas compras, siga o seguinte passo a passo:

  • realize o seu cadastro nos sites ou apps que oferecem o cashback;
  • confira na plataforma de cashback as loja e empresas que oferecem esse benefício;
  • escolha os produtos ou serviços que deseja adquirir e leia atentamente as regras, que podem variar de acordo com a plataforma ou loja escolhida; 
  • efetue a sua compra normalmente no estabelecimento físico, respeitando as normas de pagamento e concedendo as informações necessárias para validar a compra, ou no site da loja escolhida.

Após a aprovação da compra, o “dinheiro de volta” será processado e liberado para resgate ou uso em uma nova compra. No entanto, normalmente é necessário um valor mínimo para realizar o resgate.

Também pode te interessar:

Saiba o que é e para que serve o PicPay
Entenda para que servem os pontos de cartão de crédito
Nota Fiscal Paulista: veja como resgatar os créditos

Quais são os principais tipos de cashback disponíveis no mercado?

Existem diferentes tipos de cashback. Alguns permitem que o consumidor receba o dinheiro de volta diretamente em sua conta bancária, outros criam uma carteira digital na qual os valores devolvidos ficam armazenados para que sejam resgatados após atingirem o limite mínimo ou descontados em futuras compras.

Ademais, há ainda um tipo de cashback social no qual os consumidores podem indicar instituições carentes para as quais deseja que parte do valor retornado seja destinado.

Enfim, o cashback pode ser entregue em diversos formatos, tais como: crédito, dinheiro, produtos, serviços e doações.

Portanto, o ideal é que antes de se inscrever em um determinado programa de cashback, o consumidor saiba como funciona a política adotada por cada empresa e se cadastre na que melhor atenda os seus interesses.

Quais são as principais vantagens do cashback para os consumidores?

De um modo geral, entre as principais vantagens do cashback para os consumidores, destacam-se:

  • obter uma parte do dinheiro investido em determinado produto ou serviço de volta;
  • pouca burocracia;
  • aumento do nível de satisfação;
  • liberdade para utilizar o seu cashback;
  • maior confiança ao efetuar compras.

Quais são as principais vantagens do cashback para as empresas?

O cashback tem se mostrado uma técnica bastante eficiente em fidelizar clientes, permitindo que os consumidores criem um vínculo mais duradouro com as marcas.

Isso posto, entre as principais vantagens do cashback para as empresas, destacam-se:

  • fidelização de clientes;
  • aumento das vendas
  • maior visibilidade no mercado;
  • adesão de novos clientes atraídos pelo sistema de reembolso;
  • mais credibilidade e melhor reputação no mercado consumidor.

Quais são as plataformas mais populares de cashback?

Veja abaixo algumas das plataformas mais populares de cashback no Brasil:

  • Méliuz;
  • Beblue;
  • PicPay;
  • Ame Digital;
  • Cashback World;
  • Mooba;
  • Livelo;
  • PagBank;
  • Banco Inter.
o-que-é-cashback
Existem diversas plataformas diferentes de cashback disponíveis no mercado. | Imagem: Freepik (cookie_studio)

Qual a diferença entre desconto e cashback?

O desconto refere-se ao ato e ao resultado de descontar, ou seja, reduzir um valor, abater ou deduzir. 

A ideia de desconto é geralmente usada com relação à quantia que, em determinados momentos ou circunstâncias, é reduzida de um preço, uma tarifa, uma taxa ou, até mesmo, um salário.

Já no cashback, o cliente normalmente recebe o seu dinheiro de volta na forma de créditos para compras posteriores ou saques.

Portanto o cashback é diferente do desconto, uma vez que o desconto reduz o valor a ser pago no ato da compra e o cashback não altera o preço do produto ou serviço adquirido, mas reembolsa parte do valor gasto depois da compra.

Enfim, ao utilizar a estratégia de cashback, as empresas destinam uma certa porcentagem sobre um produto específico ou sobre uma compra total para devolver aos seus clientes.

Imagem em destaque: Freepik (rawpixel.com)

Shares