Home Artigos e notícias Financiamento imobiliário ficou mais digital

Financiamento imobiliário ficou mais digital

Saiba como fazer um financiamento imobiliário e confira as mudanças que o deixam mais digital!

17 de dezembro de 2021 - Atualizado 17/12/2021

string(5) "fundo"

Apesar do grande impacto causado pela crise de covid-19 na economia, o mercado imobiliário se adaptou ao novo cenário e conseguiu se manter aquecido durante o ano de 2021.

Devido às medidas de distanciamento social, a maioria das relações de compra, venda e aluguel de imóveis se firmaram online, pois muitas imobiliárias migraram para a internet para manter seus negócios.

Para isso, as empresas implantaram ferramentas como o tour 360º, projeções com realidade aumentada, assinatura digital e serviço de delivery de chaves que facilitam a vida de quem quer se mudar ou colocar um imóvel à venda.

Além disso, o financiamento imobiliário se tornou menos burocrático e, agora, é possível fazer o processo 100% online. Diante dessa mudança, o ano de 2021 tem registrado recordes na concessão de crédito imobiliário.

De acordo com dados da Associação das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), entre janeiro e setembro de 2021, o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) financiou R$ 154,69 bilhões em empréstimos para 663,25 mil imóveis.

Saiba como funciona obter crédito para financiar um imóvel pela internet!

Como fazer um financiamento imobiliário online?

Todos os processos podem ser feitos pela internet. Confira:

Simulação

Assim como em todo financiamento imobiliário, o primeiro passo do processo digital é a simulação. Dessa forma, é possível verificar qual a porcentagem do valor do imóvel que o banco vai financiar.
Nesse momento, é aconselhável comparar as condições de diferentes instituições para saber qual é a melhor opção e, então, desfrutar de um financiamento com taxa de juros mais baixas.

Documentação

Depois de fazer a simulação, é necessário reunir todos os documentos necessários para fazer o financiamento imobiliário online.
Geralmente, os bancos exigem a seguinte documentação:
– RG;
– CPF;
– comprovante de nascimento ou estado civil;
– comprovante de renda, que pode ser A declaração de Imposto de Renda, holerites ou extrato recente de movimentações bancárias.
Além dos documentos pessoais, também é necessário apresentar a documentação do imóvel, que deve estar em dia. Geralmente, são solicitados os seguintes documentos:
– matrícula atualizada;
– cópia da capa do IPTU;
– certidões negativas.

Análise de crédito

O passo seguinte é a análise de crédito. Geralmente, os bancos analisam os seguintes dados:
– perfil;
– idade;
– renda;
– bens;
– prazo para pagamento do financiamento;
– valor do imóvel;
– características do imóvel.
É importante que o consumidor esteja atento às informações exigidas pelo banco e envie os dados solicitados já no momento da proposta de crédito enviada ao banco, junto da documentação.

Análise jurídica e elaboração do contrato

Após a análise de crédito, o banco faz uma análise jurídica de toda a documentação fornecida pelo solicitante. Se estiver tudo certo, a instituição elabora o contrato para formalizar a concessão de crédito para o financiamento imobiliário.

Assinatura do contrato

financiamento-imobiliário-online

Depois de toda a análise e negociação, o consumidor pode finalmente assinar o contrato do financiamento imobiliário, o que também pode ser feito sem sair de casa.

Pagamento do IBTI e registro do imóvel

Após a assinatura, é necessário pagar o Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI) e fazer o registro no Cartório de Registro de Imóveis.

Liberação do financiamento

O último passo é enviar ao banco uma via do contrato registrado e a matrícula do imóvel atualizada. Feito isso, o crédito costuma ser liberado em até dez dias úteis.

Também pode te interessar:

Fundos Imobiliários: o que são e como investir?
Tesouro Direto: o que é e como investir
Você sabe como funciona um financiamento imobiliário?

Qual a vantagem do financiamento imobiliário digital?

A principal vantagem do financiamento imobiliário online é a praticidade, pois o consumidor consegue obter o crédito sem precisar sair de casa.

Além disso, os processos são bem mais rápidos e eficientes no financiamento realizado pela internet. A simulação e aprovação de crédito geralmente acontecem dentro de poucas horas e a análise documental pode ser processada em menos de um dia.

Outra questão vantajosa é que muitas plataformas oferecem calculadores de juros, que ajudam consumidores que já possuem um financiamento e desejam fazer a portabilidade.

É seguro fazer um financiamento imobiliário pela internet?

Sim! A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) garante que os dados pessoais dos clientes não sejam utilizados sem autorização ou divulgados pelas instituições financeiras.

Por isso, o usuário fica protegido durante todos os processos do financiamento imobiliário digital.

O processo do financiamento digital é sempre 100% online?

Mesmo existindo ferramentas que permitem que o processo seja completamente digital, ainda existem instituições financeiras que fazem questão da presença do cliente em determinados momentos para fornecer o crédito.

Por isso, é importante se informar com o banco escolhido e se certificar de que é possível fazer o financiamento imobiliário sem sair de casa.

Escritório Rosenbaum Advogados tem vasta experiência no setor de Direito Imobiliário. O contato pode ser feito através do formulário no siteWhatsApp ou pelo telefone (11) 3181-5581. É possível enviar documentos de forma totalmente digital.

Imagens do texto: Freepik (yanalya e freepik)

Avatar
Shares