Home / Artigos e Noticias / Lei Romeo Mion e os direitos da pessoa Transtorno do Espectro Autista

Lei Romeo Mion e os direitos da pessoa Transtorno do Espectro Autista

Direito à Saúde, Imprensa
Arte FB
Avatar

Redação

fevereiro 28, 2020

A lei aprovada no início de janeiro permite que, por meio da expedição da Carteira de Identificação da Pessoa com TEA (CipTEA), seja garantida a prioridade de atendimento em serviços públicos e privados para pessoas com Transtorno do Espectro Autista.

Publicada no início deste ano, a lei 13.977/20, cujo nome faz referência ao filho do apresentador Marcos Mion, representa uma grande conquista à população com Transtorno do Espectro Autista.

A lei institui a CipTEA, um documento com validade de 5 anos cuja expedição é de responsabilidade dos órgãos responsáveis pela execução da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

Em entrevista ao Jornal Estadão, a advogada e coordenadora da área de Direito à Saúde do Escritório Rosenbaum Advogados, comenta a respeito da nova lei e da sua importância no combate às dificuldades enfrentadas pela população com TEA.

O tratamento da pessoa com Transtorno do Espectro Autista

“No Brasil, a cada ano, em média, 150 mil pessoas são diagnosticadas com o Transtorno do Espectro Autista e a inserção destes indivíduos na sociedade se faz imprescindível.”

O tratamento para aqueles diagnosticados com TEA tem como prioridade a inclusão dessa pessoa na sociedade e consiste em uma série de terapias multidisciplinares como a psicoterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e outras.

Com isso, há um grande aumento nas chances de inclusão desses indivíduos na sociedade, visto que é viabilizada a entrada de crianças com TEA em escolas regulares, de adultos no mercado de trabalho e etc.

A negativa do custeio das atividades para o paciente com TEA

Apesar da indicação da realização dessas atividades, algumas vezes os planos de saúde acabam por negar a cobertura dessas terapias.

“Na maioria das vezes, os médicos prescrevem sessões contínuas das terapias multidisciplinares específicas para o diagnóstico e os planos apenas custeiam algumas sessões, alegando limites contratuais ou falta de previsão no rol da ANS para tipos específicos de terapia.”

No entanto, há possibilidade de reversão das negativas dos planos de saúde por meio judicial. Os tribunais vêm apresentando decisões favoráveis à cobertura dos tratamentos para a pessoa com Transtorno de Espectro Autista pelos planos de saúde.

“Um advogado especializado na área do Direito à Saúde poderá orientar sobre como conseguir liminar na Justiça que autorize o custeio das sessões nas terapias pré-determinadas, sem a limitação de quantidade de horas anuais.”

Confira a matéria na íntegra aqui.

Avatar

Redação

MAIS ARTIGOS

Notícias e Artigos relacionados

Nossa reputação é de excelência em serviços jurídicos

Avaliação dos clientes
Maria eduarda Rie miyazato
Maria eduarda Rie miyazato
11/06/2024
São muito atenciosos e respondem rápido. Conseguiram sanar minhas duvidas e explicam tudo bem detalhado para não ter desentendimento! Recomendo
Eduardo Wagner
Eduardo Wagner
10/06/2024
Fui tratado com muita presteza, realmente um ótimo atendimento. Foram muito eficazes na abertura e sucesso da ação pretendida contra companhia aérea. Recomendo a utilização de seus serviços.
armando cavani jorge
armando cavani jorge
10/06/2024
O escritório de advocacia Rosenbaum foi honesto com relação ao percentual cobrado no final do processo e sobre o prazo da causa, o que me deixou satisfeito com o trabalho executado.
DAIANA MENDES
DAIANA MENDES
10/06/2024
Tive um ótimo atendimento desde o início até o final do processo, os retornos sobre minhas dúvidas sempre foram rápidos e assertivos é só tenho a agradecer.
Eveline Martins
Eveline Martins
06/06/2024
Tivemos nosso voo da companhia Aérea Azul cancelado em março de 2020, quando retornávamos de Portugal, em decorrência da pandemia. Contatamos alguns advogados, sobre a possibilidade de entrarmos com processo contra a referida companhia aérea e fomos informados que seria causa perdida. Alguns dias depois, nos contatou o escritório Rosenbaum advogados, nos oferecendo processarmos a Azul, sem nenhum custo em caso de perda e em caso de sucesso, pagaríamos 30% do montante. Obtivemos sucesso em ganhar o processo por danos materiais e fomos ressarcidos.
Sandra Moutinho
Sandra Moutinho
04/06/2024
Só tenho a agradecer pelo excelente serviço prestado. Justiça foi feita. Profissionais super competentes! Super recomendo!
Flavio C
Flavio C
03/06/2024
Trabalho de extrema qualidade!
Caroline Rodrigues Silva
Caroline Rodrigues Silva
29/05/2024
Minha experiência foi excelente. Entrei com dois processos, ambos ganhos, e um deles foi finalizado hoje. As pessoas sempre foram atenciosas e informativas, e o primeiro processo foi concluído antes dos 12 meses, prazo máximo informado no início do contato. É uma empresa que eu usaria novamente e, com certeza, recomendarei aos amigos. Entrar com ações na justiça não é algo que fazemos de bom grado, mas, quando nossos direitos são violados, é importante ter uma empresa de qualidade nos representando. Obrigada!
ROSENBAUM ADVOGADOS

Fale com a nossa equipe de especialistas, e dê o primeiro passo rumo à solução dos seus desafios.

FALE CONOSCO
Relate seu caso online
Shares
Atendimento Rosenbaum Advogados

Atendimento Rosenbaum Advogados

Olá! Podemos ajudá-lo(a)? Teremos prazer em esclarecer suas dúvidas.
Whatsapp