Home / Artigos e Noticias / Porto Saúde é condenada a cobrir materiais cirúrgicos para procedimento de artrodose de coluna

Porto Saúde é condenada a cobrir materiais cirúrgicos para procedimento de artrodose de coluna

Direito à Saúde
Segurado da Porto Saúde descobrindo que sofreu uma negativa de cobertura.
Avatar

Redação

maio 29, 2024

A Justiça de São Paulo proferiu uma decisão importante envolvendo a Porto Saúde, determinando que a empresa cubra integralmente as despesas médicas de um paciente que havia sido injustamente cobrado.

Um beneficiário do plano de saúde oferecido pela Porto Seguro submeteu-se a uma complexa cirurgia de artrodese de coluna, necessária para a correção de um problema severo na coluna vertebral e, após o procedimento, recebeu uma conta hospitalar no valor de R$86.250,00, referente aos materiais OPME (Órteses, Próteses e Materiais Especiais) utilizados na cirurgia.

Porto Saúde não autorizou o tratamento

A Porto Seguro se recusou a pagar pelos materiais cirúrgicos, alegando que os itens utilizados na cirurgia tinham caráter experimental e não estavam cobertos pelo plano de saúde.

Essa negativa gerou uma situação de vulnerabilidade extrema para o paciente, que se viu de repente responsável por um montante significativo de despesas médicas, mesmo possuindo um plano de saúde ativo e adimplente.

Por isso, ele procurou advogado especializado em ações contra planos de saúde pediu orientação jurídica para se livrar do custo que lhe causaria sofrendo prejuízos financeiros e emocionais significativos.

Visto que o profissional têm o conhecimento necessário para interpretar a legislação aplicável e os contratos de planos de saúde, eles conseguiram agir rapidamente para proteger os direitos do consumidor.

A defesa da Porto Seguro baseou-se na alegação de que a utilização dos itens foi off-label, ou seja, fora das indicações aprovadas, justificando assim a negativa de custeio. No entanto, a argumentação da empresa não convenceu o Tribunal de Justiça de São Paulo.

A sentença destacou a relação de consumo entre as partes, aplicando o Código de Defesa do Consumidor (CDC), e reforçou que cabe ao médico do paciente determinar o tratamento necessário para a cura, e não à operadora do plano de saúde.

Desfecho do caso

O Tribunal considerou abusiva a negativa de cobertura pela Porto Seguro, fundamentando-se na Súmula 102 do TJSP, que estabelece: “Havendo expressa indicação médica, é abusiva a negativa de cobertura de custeio de tratamento sob o argumento da sua natureza experimental ou por não estar previsto no rol de procedimentos da ANS”.

A Justiça reiterou que a prescrição médica deve prevalecer sobre as alegações do plano de saúde e rejeitou a tentativa da Porto Saúde de limitar os valores a serem pagos ao teto do contrato de referenciamento com o hospital, uma vez que o consumidor não participou da celebração desse contrato.

Ao final, o juíz determinou que a Porto Seguro arcasse com todas as despesas médicas não cobertas inicialmente, totalizando R$86.250,00, além de pagar as despesas processuais e os honorários advocatícios.

A decisão serve como um importante precedente para outros casos semelhantes, onde beneficiários de planos de saúde enfrentam negativas de cobertura para tratamentos essenciais prescritos por seus médicos. É um lembrete contundente de que os direitos dos consumidores devem ser protegidos e que a Justiça pode ser um aliado poderoso na luta contra práticas abusivas das operadoras de saúde.

Processo nº 1033766-81.2024.8.26.0100.

Avatar

Redação

MAIS ARTIGOS

Notícias e Artigos relacionados

Nossa reputação é de excelência em serviços jurídicos

Avaliação dos clientes
Maria eduarda Rie miyazato
Maria eduarda Rie miyazato
11/06/2024
São muito atenciosos e respondem rápido. Conseguiram sanar minhas duvidas e explicam tudo bem detalhado para não ter desentendimento! Recomendo
Eduardo Wagner
Eduardo Wagner
10/06/2024
Fui tratado com muita presteza, realmente um ótimo atendimento. Foram muito eficazes na abertura e sucesso da ação pretendida contra companhia aérea. Recomendo a utilização de seus serviços.
armando cavani jorge
armando cavani jorge
10/06/2024
O escritório de advocacia Rosenbaum foi honesto com relação ao percentual cobrado no final do processo e sobre o prazo da causa, o que me deixou satisfeito com o trabalho executado.
DAIANA MENDES
DAIANA MENDES
10/06/2024
Tive um ótimo atendimento desde o início até o final do processo, os retornos sobre minhas dúvidas sempre foram rápidos e assertivos é só tenho a agradecer.
Eveline Martins
Eveline Martins
06/06/2024
Tivemos nosso voo da companhia Aérea Azul cancelado em março de 2020, quando retornávamos de Portugal, em decorrência da pandemia. Contatamos alguns advogados, sobre a possibilidade de entrarmos com processo contra a referida companhia aérea e fomos informados que seria causa perdida. Alguns dias depois, nos contatou o escritório Rosenbaum advogados, nos oferecendo processarmos a Azul, sem nenhum custo em caso de perda e em caso de sucesso, pagaríamos 30% do montante. Obtivemos sucesso em ganhar o processo por danos materiais e fomos ressarcidos.
Sandra Moutinho
Sandra Moutinho
04/06/2024
Só tenho a agradecer pelo excelente serviço prestado. Justiça foi feita. Profissionais super competentes! Super recomendo!
Flavio C
Flavio C
03/06/2024
Trabalho de extrema qualidade!
Caroline Rodrigues Silva
Caroline Rodrigues Silva
29/05/2024
Minha experiência foi excelente. Entrei com dois processos, ambos ganhos, e um deles foi finalizado hoje. As pessoas sempre foram atenciosas e informativas, e o primeiro processo foi concluído antes dos 12 meses, prazo máximo informado no início do contato. É uma empresa que eu usaria novamente e, com certeza, recomendarei aos amigos. Entrar com ações na justiça não é algo que fazemos de bom grado, mas, quando nossos direitos são violados, é importante ter uma empresa de qualidade nos representando. Obrigada!
ROSENBAUM ADVOGADOS

Fale com a nossa equipe de especialistas, e dê o primeiro passo rumo à solução dos seus desafios.

FALE CONOSCO
Relate seu caso online
Shares
Atendimento Rosenbaum Advogados

Atendimento Rosenbaum Advogados

Olá! Podemos ajudá-lo(a)? Teremos prazer em esclarecer suas dúvidas.
Whatsapp