Bagagem extraviada: como se precaver deste transtorno

3 de agosto de 2018

Tanto na ida, como na volta, há risco de o passageiro ter a bagagem extraviada. Na chegada ao destino, essa situação gera transtornos pois o passageiro estará longe de seu domicílio e sem seus pertences. E na volta, existe o risco de perda das compras e presentes da viagem, que geram prejuízo financeiro e emocional. É possível se precaver desse risco, mas, se ocorrer, há meios para tentar reverter a situação.

Evite o transtorno:

– coloque tags personalizadas.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Precisa de uma solução e acompanhamento do seu caso? Preencha seus dados abaixo e nós entraremos em contato.

– preste atenção se o atendente coloca a identificação em todas.

– tenha uma muda de roupa e objetos importantes na mala de mão.

O que fazer em caso de bagagem extraviada:

– procure o balcão da companhia aérea e preencha o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB).

– faça reclamação na sala representativa da ANAC do aeroporto.

Prazo para devolução da companhia:

7d para voos domésticos.

21d para voos internacionais.

Atente-se ainda para:

– você tem direito a escolher onde quer receber a bagagem.

– você pode ser ressarcido de eventuais despesas, se estiver fora do local de domicílio.

Em caso de não cumprimento do prazo:

– a empresa deverá indenizar o passageiro em até 7d.

Em caso de perda da bagagem:

– configura extravio definitivo.  Cabem danos materiais e morais.

A exigência pelos direitos do passageiro aéreo pode ser um importante impeditivo para que as companhias não descumpram as obrigações impostas pela ANAC.

Imagem: Jam3s @ freeimages.com