Home Artigos e notícias Teste de Covid pelo plano de saúde trava em regras de operadoras

Teste de Covid pelo plano de saúde trava em regras de operadoras

26 de janeiro de 2021 - Atualizado 10/05/2022

Em entrevista ao jornal Agora São Paulo, Fernanda Glezer Szpiz, coordenadora da área de Direito à Saúde do Escritório Rosenbaum Advogados, tira dúvidas sobre o custeio do teste de Covid e os entraves colocados pelos planos de saúde para realização do procedimento.

Com a pandemia, há uma alta procura para realizar os testes de Covid-19.

O que chama a atenção é o número de reclamações de beneficiários que se decepcionam com as diversas imposições dos planos de saúde que dificultam o acesso aos procedimentos.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde – ANS, 46,3% das reclamações sobre coronavírus entre março de 2020 e janeiro de 2021 foram referentes à negativa de cobertura de exames. Além disso, 6% acusam a falta de opções na rede credenciada para realizar o teste de Covid e 4,9% reclamam da falta de requisitos para a realização.

Sobre isso, a advogada Fernanda Glezer Szpiz explicou ao jornal Agora São Paulo que em caso de negativa de cobertura, é possível pedir um reembolso.

“O indicado é protocolar uma reclamação na ANS, que funciona bem na maioria das vezes. Se houver urgência, além da reclamação na ANS, é possível fazer o exame por fora e, depois, pedir o reembolso.”

Além disso, a advogada levanta a questão do cumprimento de carência, alertando os consumidores a conhecerem as regras.

“Por causa da pandemia, muita gente acabou contratando plano de saúde, mas a cobertura para grande parte dos procedimentos não é imediata”, explica. “Se não for uma urgência ou emergência, não será possível ter a cobertura do exame dentro do período de carência, que, geralmente, para exames, é de um mês”, acrescenta.

Veja a matéria na íntegra aqui.

Como fazer uma reclamação na ANS em caso de negativa de cobertura de teste de Covid?

Caso não consiga realizar o teste de Covid pelo plano de saúde, o beneficiário deve procurar a ANS com o protocolo de negativa de cobertura em mãos. Para isso, é necessário acessar um dos canais da agência, sendo eles:

  • Disque ANS: 0800 7019656;
  • Deficientes auditivos: 0800 021 2105;
  • Fale conosco (é necessário cadastrar login e senha).

Feito isso, a ANS entra em contato com o plano de saúde, que tem até 10 dias úteis para se manifestar sobre o assunto. Caso contrário, a empresa corre risco de ser multada ou então receber outras sanções administrativas.

O Escritório Rosenbaum Advogados tem vasta experiência no setor de Direito à Saúde e Direitos do Consumidor. O contato pode ser feito através do formulário no site, WhatsApp ou pelo telefone (11) 3181-5581. O envio de documentos é totalmente digital.

Avatar
Relate seu caso online
Shares