Home Artigos e notícias Imóveis tem queda de preço nos últimos doze meses.

Imóveis tem queda de preço nos últimos doze meses.

09 de setembro de 2016

Imóveis tem Queda de preço nos últimos doze meses.

O preço médio dos imóveis anunciados para venda teve queda de 0,03% nos últimos doze meses terminados em agosto, segundo o índice FipeZap. No entanto, considerando a inflação esperada para o período, de 8,95% pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a queda real do preço dos imóveis foi de 8,24% no período.

Em termos nominais (sem considerar a inflação), foi o terceiro mês seguido que o preço médio dos imóveis apresentou queda em 12 meses. Já no acumulado do ano, de janeiro a agosto, os preços apresentaram aumento de 0,14% – variação abaixo da inflação esperada, de 5,4%, o que representa queda real. Entre julho e agosto, houve alta de 0,05%, contra estimativa de inflação de 0,42% do IPCA.

As cidades mais caras
Em todos os 20 locais pesquisados, o preço dos imóveis teve variação menor que a inflação em 12 meses, sendo que em 5 houve queda nominal dos preços. Entre eles, a maior queda foi no Rio de Janeiro, com baixa de 3,42% nos preços. A cidade, porém, continua tendo o metro quadrado mais caro da pesquisa – R$ 10.223, contra R$ 7.673 da média entre os 20 locais.

A segunda maior queda dos preços entre as cidades analisadas foi em Niterói (RJ), com recuo de 2,42%, seguida por Recife (-1,65%), Distrito Federal (-0,96%) e Goiânia (-0,59%). Já as maiores altas na mesma base de comparação, embora abaixo da inflação, foram verificadas em Vitória, com elevação, de 6,43%, Vila Velha, com 4,02% e Santo André (SP), com 3,86%.

Já considerando a variação acumulada em 2016, também não houve aumento dos preços acima da inflação em nenhum local pesquisado. Nessa base de comparação, houve queda nominal de preço nos mesmos locais: Rio de Janeiro (-1,99%), Niteroi (-1.91% ), Goiânia (-1,5%), Recife(-1.28% ) e Distrito Federal (-0,42%). Já as maiores altas foram em Florianópolis (4.09%) e Vitória(3,30%).

Na comparação mensal entre julho e agosto, cinco locais tiveram aumento real de preços, ou seja, acima da inflação de 0,42% esperada pelo período. As elevações foram registradas em Belo Horizonte (0,6%), Fortaleza (0,68%), Porto Alegre (0,59%), Curitiba (0,6%) e Florianópolis(0,93%).

Fonte: G1

http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2016/09/precos-dos-imoveis-tem-queda-real-de-895-em-12-meses-diz-fipezap.html

 

Rosenbaum Advogados – contate-nos para mais informações. Temos Especialidade em  Direito Imobiliário. Compra, venda e locação de imóveis. Ações de despejo, possessórias, distratos, comissão de corretagem, SATI, cobrança de aluguéis, liminares, leilões de imóveis, judiciais e extrajudiciais, compras de terrenos, SPE´s, constituição de condomínios, memoriais de incorporação, Registro de Imóveis, regularização de imóveis e áreas, embargos de terceiro, alienação fiduciária, penhoras, hipotecas, usucapião e desapropriação. Clique aqui para marcar consulta ou solicitar proposta. Teremos prazer em atendê-lo. 

0Shares
0