Home / Confira 10 dicas para planejar uma viagem

Confira 10 dicas para planejar uma viagem

Blog, Dicas
10-dicas-para-planejar-uma-viagem
Avatar

Redação

setembro 6, 2021

A priori, planejar uma viagem pode parecer uma tarefa complicada. 

Contudo, com uma boa organização, que vai desde escolher seu destino a separar o que vai na mala, é possível facilitar e economizar tempo em cada processo.

Além do mais, quanto mais calma e antecedência o viajante se organiza na hora de pensar uma viagem, maior será a economia em torno desta. 

Descubra as 10 dicas que podem te auxiliar a planejar suas viagens.

1 – Antes de planejar uma viagem, defina o objetivo

Antes de mais nada, é preciso definir qual o objetivo da viagem.

Vale destacar, que a resposta dessa questão lhe auxiliará a determinar como será o seu planejamento, tendo em vista que irá ajudar a definir quais áreas e lugares conhecer, quais atividades realizar, dentre outros.

Nesse sentido, se o viajante tem como objetivo uma viagem aventureira, por exemplo, provavelmente se concentrará em procurar destinos que contem com mais atividades ao ar livre ou esportivas. 

Entretanto, se a ideia for relaxar, provavelmente lhe atrairão mais lugares tranquilos e com pouco movimento.

Enfim, definir os objetivos de sua viagem é algo essencial para iniciar seu planejamento.

2 – Determine um orçamento para começar a planejar uma viagem

Determinar o orçamento disponível para a viagem é tão importante quanto escolher o destino ou encontrar passagens com bons preços.

Assim sendo, é importante saber o quanto você poderá gastar na sua viagem, lembrando que essa decisão deve ser tomada no sentido de não comprometer o seu dia a dia depois que a viagem acabar.

Contudo, o ideal é já ter um fundo ou uma reserva de dinheiro para cobrir, pelo menos, parte da viagem e saber quanto de dinheiro será preciso destinar para que ela aconteça.

3 – Planejar uma viagem exige pesquisa

Viajar demanda uma parcela de seu tempo para pesquisar acerca do destino a ser escolhido. 

Nesses casos, vale perguntar para amigos e familiares, conversar com pessoas que moram no local, ver guias de viagens ou fazer uma pesquisa nos buscadores on-line.

Além disso, pode-se procurar relatos em blogs de outros viajantes que já visitaram o destino desejado. Isso pode ajudar na descoberta de informações importantes e até mesmo detalhes acerca do local.

Nesse momento, é preciso levar em consideração algumas coisas que são extremamente importantes de serem verificadas, dentre elas, as atividades que o destino em questão oferece e o tempo de permanência que você tem disponível.

4 – Definir o tempo que ficará fora é essencial para planejar uma viagem

Calcular bem o tempo da sua viagem, principalmente considerando os momentos de deslocamento até o destino e entre os passeios, também é algo fundamental.

É recomendado sempre deixar um dia livre no roteiro, para que, dessa forma, seja possível reprogramar algum passeio em caso de imprevisto, acrescentar alguma outra atividade de última hora ou simplesmente curtir o local de destino.

Ademais, é importante não desconsiderar os dias de deslocamento entre cidades como “dias úteis” para a viagem, pois esses dias acabam sendo “perdidos” em arrumar malas, fazer check-out e check-in em hotéis, deslocamento para aeroportos, entre outras coisas.

Enfim, para aproveitar cada segundo, o ideal é ter calculado o tempo de todos os itinerários a serem cumpridos.

5 – Conheça mais sobre o idioma, os usos e costumes e o clima do destino almejado

Pesquise também sobre o idioma, sobre os usos e costumes da região pretendida e sobre o clima do lugar.

Nunca é demais aprender sobre a cultura local e algumas palavras no idioma do destino. Em primeiro lugar, isso ajuda a escapar de algumas enrascadas, pedir direção ou, no mínimo, saber dizer “eu não falo o idioma” na língua nativa.

Além disso, o indicado é começar a pesquisar as previsões do tempo para o seu destino entre duas semanas antes da viagem. Dessa maneira, é possível se preparar para eventuais mudanças climáticas e também fazer mudanças de última hora no seu roteiro, caso necessário.

Também pode te interessar:

Viagem de avião: a partir de qual idade é permitido viajar desacompanhado
7 dicas essenciais para a sua primeira viagem de avião
Como se preparar para uma viagem de avião na pandemia de covid-19

6 – Garantir passagens e reservas com antecedência é um dos segredos para planejar uma viagem com tranquilidade

A principal razão para se planejar uma viagem com antecedência é que esse processo auxilia muito a economizar nos gastos.

dicas-para-planejar-uma-viagem
Pesquisar sobre o destino, colher informações, descobrir as principais atrações e tudo o que envolve a sua viagem são tarefas importantes.

Logo, quanto mais perto da data de viagem você deixar para comprar suas passagens, mais caras elas vão ser, principalmente, se o período em questão for na alta temporada.

Assim sendo, ao comprar as passagens e fazer as reservas de hospedagem com antecedência, é possível obter mais ofertas de diferentes companhias e itinerários, tendo mais flexibilidade para programar sua viagem do jeito que for melhor para você e seus acompanhantes.

Além disso, ao se planejar para comprar as passagens e efetuar as reservas, você pode aproveitar períodos de promoção ou, ainda, cupons de desconto.

Por fim, a compra antecipada e planejada de passagens e reserva auxilia o viajante a se programar e começar a decidir outras questões importantes, como itens a se comprar ou o roteiro.

7 – Definir o tamanho e tipo da bagagem também faz parte do processo de planejar uma viagem

Definir o tamanho e o tipo da bagagem que será levada na viagem pode fazer grande diferença, uma vez que estas podem tornar a sua viagem mais cara e dificultar a sua mobilidade. 

Além do mais, as regras de tamanho de bagagem adotadas pelas companhias aéreas têm aumentando bastante o custo para despachar malas, logo, este é um fator importante para se preocupar caso queira economizar.

Além do tamanho, outro detalhe importante sobre bagagens é o tipo de mala que será utilizada para levar.

Vale ressaltar, que cada destino demanda um tipo de mala diferente e, ao escolher o modelo errado, o viajante pode ter alguns problemas desnecessários.

Contudo, apesar dessa escolha ser bem pessoal, deve-se levar em consideração, principalmente, qual é o lugar para onde você vai e como pretende se locomover. 

8 – Monte um roteiro de viagem

Finalmente chegou o momento de organizar um itinerário para a sua viagem.

Todavia, o nível de detalhamento do seu itinerário irá depender de alguns fatores, um deles é a duração da sua viagem

Assim, se o plano é ficar poucos dias em um destino, ter um planejamento detalhado do que fazer irá otimizar o seu tempo e garantir que você realize tudo o que gostaria em sua viagem. 

No entanto, se a ideia é fazer uma viagem muito extensa, de algumas semanas ou até meses, é importante ter uma lista das coisas que você quer muito fazer e conhecer, porém, consciente de que esse tipo de viagem permite mais flexibilidade para aproveitar as surpresas com as quais o viajante pode deparar no caminho.

Por fim, quanto mais detalhado for o seu roteiro de viagem, será mais tranquilo curtir as experiências proporcionadas e lidar com imprevistos.

9 – Planejar uma viagem pode ser mais fácil se estiver com a documentação e as vacinas necessárias

Em suma, o passaporte e o visto são fatores que podem limitar a escolha de destinos do viajante. Por isso, o ideal é já garantir o seu, independente de ter uma viagem marcada

Contudo, vale lembrar que há países que não exigem visto de brasileiros para entrada. 

Além do supracitado, alguns destinos do mundo exigem dos viajantes algumas vacinas. Atualmente, isso se intensificou em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Portanto,  verifique quais são as vacinas exigidas para o embarque e desembarque, de acordo com a legislação local do destino almejado, e lembre-se de levar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) no dia da viagem.

Enfim, as exigências de vacinas podem variar de um país para outro e também com o tempo, logo, consulte sempre o site oficial do consulado do país de destino para saber quais vacinas são exigidas.

10 – Para planejar uma viagem com economia, utilize os programas de pontos e milhas

Uma dica importante para quem quer economizar em suas viagens, sejam a trabalho ou para turismo, é conhecer como funciona o programa de milhagem do seu cartão de crédito.

Dessa forma, é possível discernir quando vale a pena ou não utilizá-lo, tendo em vista que fazer a conversão dos pontos para dinheiro sempre servirá como guia para essa decisão.

Vale ressaltar, que os programas de fidelidade são uma metodologia utilizada pelas principais companhias aéreas do Brasil, bancos, empresas de cartões de crédito e redes de lojas varejistas.

Os pontos do cartão de crédito podem ser trocados por diferentes benefícios conforme o programa de fidelidade, entre eles, passagens aéreas e reservas em hotéis.

Entretanto, vale lembrar que para desfrutar de qualquer benefício oferecido por meio do  acúmulo de pontos de cartão crédito é necessário estar cadastrado no clube de fidelidade em questão. 

Atualmente, grande parte das operadoras de cartão possibilitam que o referido cadastro seja realizado via internet.

Imagens do texto: Freepik (@freepik)

Avatar

Redação

MAIS ARTIGOS

Notícias e Artigos relacionados

Shares
Atendimento Rosenbaum Advogados

Atendimento Rosenbaum Advogados

Olá! Podemos ajudá-lo(a)? Teremos prazer em esclarecer suas dúvidas.