Home Mitos e verdades sobre imóvel na planta

Mitos e verdades sobre imóvel na planta

19 de fevereiro de 2021

Confira se as informações mais relevantes sobre a compra de imóveis na planta são mitos ou verdades e saiba como ingressar nessa modalidade de negócio com segurança!

Comprar um imóvel na planta pode ser muito vantajoso para o consumidor, porém muitas são as duvidas que atrapalham o consumidor a fechar negócio.

Além do problema com a falta de informação, o comprador pode se confundir com os mitos sobre a compra de imóveis ainda na planta, e acaba temendo pela sua segurança.

Por isso, levantamos os principais mitos e verdades da compra de imóvel na planta. Siga na leitura e entenda as vantagens e desvantagens da empreitada.

MITO: comprar imóveis na planta não é seguro

Muitas pessoas deixam de comprar imóveis na planta, pois acreditam que os riscos de investimento são maiores. No entanto, isso pode ser um equívoco!

Visto que o imóvel ainda está na planta e nunca teve outros proprietários, os riscos legais tendem a ser menores nessa modalidade de negócio. Além disso, tudo que tem na propriedade é novo, o que reduz as chances de problemas com manutenção e reforma.

Por isso, se o comprador tem alguma ressalva quanto à segurança, ele pode ficar tranquilo, desde que se mantenha atento ao contrato e às condições de entrega do imóvel.

VERDADE: é possível financiar um imóvel na planta

Há quem acredite que só é possível comprar imóveis na planta pagando à vista, mas a realidade é bem diferente disso. Como o imóvel ainda está em construção, é comum que as empresas ofereçam mais flexibilidade nas condições de pagamento.

mitos-e-verdades-sobre-imóvel-na-planta-2
Para financiar o imóvel na planta, o consumidor deve entrar em contato com o seu banco e realizar uma simulação.

Geralmente, os incorporadores exigem 30% do valor total do imóvel de entrada, permitindo o financiamento dos 70% restantes.

MITO: os contratos são simples

Como destacado acima, os riscos legais nessa modalidade de negócio são menores, mas isso não significa que o contrato de imóvel na planta seja simples.

Os contratos são documentos que envolvem muitos detalhes burocráticos e se o comprador não compreender claramente as questões envolvidas, poderá ter surpresas desagradáveis no futuro.

Além disso, como o negócio envolve um grande volume de dinheiro, é recomendável contar com orientação jurídica e com um agente financeiro.

VERDADE: imóveis na planta são mais baratos

Imóveis na planta costumam ser até 30% mais baratos, mas se o comprador negociar bem os descontos podem chegar a 40%.

Isso ocorre porque a compra é baseada na promessa de que o imóvel será entregue dentro do prazo, o que implica no risco constante de a obra atrasar ou de surgirem problemas, afinal o consumidor está comprando algo que não está pronto.

MITO: não há garantia quanto a problemas futuros

Caso encontre algum problema com seu imóvel comprado na planta, o consumidor pode reclamar com a incorporadora. Caso o vício seja aparente, ele tem 90 dias para entrar em contato. Já nos casos de vício oculto, o prazo é de 5 anos.

Se o problema for jurídico (sobre a contratação da empresa ou cláusulas contratuais), é necessário acionar a Justiça.

VERDADE: o comprador pode modificar o imóvel de acordo com os seus gostos

Como a construção ainda não está finalizada, é possível solicitar adaptações e personalizar o imóvel, mudando paredes, os revestimentos ou a iluminação, por exemplo.

mitos-e-verdades-sobre-imóvel-na-planta-3
O comprador deve se informar sobre a viabilidade das adaptações desejadas com a empresa.

MITO: o comprador pode se mudar assim que comprar o imóvel na planta

Após fechar o negócio, o consumidor precisa esperar a finalização da obra. Geralmente, a construção do imóvel na planta leva de 2 a 3 anos.

VERDADE: imóveis comprados na planta têm mais potencial de valorização

Ao optar pelo imóvel na planta, o consumidor tem um imóvel novo, com instalações modernas e em ótimas condições de uso. Por isso, se ele quiser, poderá vender a propriedade.

Visto que os preços de imóveis na planta são mais baixos, ao vender a propriedade, é muito provável que o comprador tenha um bom lucro.

Como comprar um imóvel na planta de forma segura?

Para garantir um bom negócio, é fundamental conhecer a empresa responsável pelo imóvel na planta. Por isso, é recomendável que o comprador se informe sobre a construtora e garanta que ela é de confiança.

O consumidor pode pesquisar sobre os projetos já finalizados pela empresa e conferir a opinião de clientes antigos no Reclame Aqui.

Outra questão importantíssima é o contrato com a incorporadora: o comprador deve se atentar aos detalhes para garantir que está fazendo um negócio benéfico. Para lidar com essas questões burocráticas, é interessante contar com a orientação de um advogado especialista em Direito Imobiliário e Direitos do Consumidor.

O Escritório Rosenbaum Advogados tem vasta experiência no setor de Direito Imobiliário. O contato pode ser feito através do formulário no site, WhatsApp ou pelo telefone (11) 3181-5581. É possível enviar documentos de forma totalmente digital.

Imagens: Pixabay

0Shares
0